Homenagem póstuma

NOTA DE FALECIMENTO

Dr. Charles A. Berry

Com muita tristeza recebemos a notícia do falecimento do Dr. Charles A. Berry.

O comunicado foi feito à Academia Internacional de Medicina de Aviação e Espaço por seu filho, o  também acadêmico, Dr. Michael Berry que informou que o falecimento ocorreu pleno de paz durante o sono. Mike disse que era assim que ele sempre quis partir.

O Dr. Charles Berry foi um pioneiro no campo da Medicina Aeroespacial. Foi o Diretor Médico da NASA no projeto Apollo que levou o homem à Lua. Foi indicado duas vezes para o Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina. Tornou-se membro da Academia Internacional em 1965. Foi Presidente da Academia de 1973 a 1975 sendo o primeiro acadêmico a se tornar membro emérito em 2005.

Esteve conosco duas vezes no Brasil no Congresso da SBMA no Guarujá em 1997 e no Congresso Internacional da Academia organizado pela SBMA no Rio no ano 2000. Sempre com muita alegria, simpatia e simplicidade. Em todos os congressos internacionais sempre nos dispensou uma atenção especial. Pessoa que se destacou por todo o seu conhecimento científico, sua carreira gloriosa e sua simplicidade imensa.

Ficará em nossa memória o seu sorriso e seu abraço acolhedor.

RIP

NOTA DE FALECIMENTO

Dr. Murilo de Oliveira Villela

A Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial lamenta o falecimento do Dr. Murilo, que ocorreu no dia 20 de Fevereiro de 2020.

 

O currículo médico do Dr. Murilo é tão longo quanto prestigiante, sendo considerado, tanto no nosso país quanto no estrangeiro, um grande médico e um admirável pioneiro da Medicina Aeroespacial Brasileira.

Será impossível neste curso espaço enumerar todos os prêmios e homenagens, mas deve-se salientar alguns dos grandes feitos realizados pelo Dr. Murilo para Sociedade de Medicina Aeroespacial.

Murilo formou-se médico em 1953 pela renomada Escola Paulista de Medicina e, pela mesma escola, especializou-se Cirurgião Gástrico.

É, também, especialista em Medicina do Trabalho e Medicina Aeroespacial.

Foi vice – presidente da Sociedade Ibero – Americana.

Levou a Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial ao reconhecimento internacional, quando em Oslo ganhou da França a oportunidade de sediar o Congresso Internacional de Medicina Aeroespacial.

Foi presidente desta Sociedade por três vezes, totalizando quase 8 anos.

 Durante sua gestão, realizou diversos Congressos e, em um deles, em 1997, reuniu mais de 300 participantes e renomados conferencistas nacionais e internacionais.

 

Fundou o Comitê Multidisciplinar de Medicina Aeroespacial, após árduo trabalho com as autoridades médicas brasileiras e foi o primeiro Presidente durantes muitos anos.

Em meio a tantos méritos e contribuições ao Brasil e à ciência, teve como homenagem, em 2007,  a criação da Conferência Magna no Congresso de Medicina Aeroespacial intitulada.

Lembrando as palavras usadas pelo Dr. Murilo, desde a criação desta Sociedade, em seu inesquecível papel de cor de rosa:

 

A Medicina Aeroespacial deve ser:

 

•Informativa

•Formativa

•Normativa

Dr. Murilo é uma daquelas pessoas raras que nasce um a cada 100 anos.

Pioneiro, precursor, lutador incansável, amigo e, mesmo em uma posição de líder, com todo seu intelecto e cultura, tratava a todos como parceiros iguais.

Seu trabalho em prol da Medicina Aeroespacial é consolidado e respeitado.

 

Nós sentiremos muitas saudades, mas você vive e viverá para sempre em todos os encontros científicos, reuniões deliberativas e em nossos corações.

EVENTOS

ACIDENTE AÉREO

Dr Marco Cantero, Presidente da SBMA, fala à imprensa sobre procedimentos

de segurança na aviação.

Veja a reportagem apresentada no "Bom Dia Brasil da TV Globo",

no 1 de dezembro de 2016.

CAMPO DE MARTE

Dra Vania Melhado falando sobre fatores fisiológicos relacionados

ao voo no I Simpósio de Medicina Aeroespacial do Departamento de Anestesiologia da USP.

© 2019 por SBMA - Sociedade Brasileira de Medicina Aeroespacial.